Ana Mira
Investigadora Doutorada

Ana Mira é professora adjunta convidada na Escola Superior de Teatro e Cinema – Instituto Politécnico de Lisboa e professora no Ar.Co – Centro de Arte e Comunicação Visual nas áreas do corpo, movimento e dança, e da filosofia e estética. Estudou práticas somáticas e dança contemporânea na Europa e nos Estados Unidos e completou o seu doutoramento em Filosofia /Estética, na Faculdade de Ciências Sociais e Humanas – Universidade Nova de Lisboa com a tese “Silêncio, potência e gesto: um corpo na dança” (2014), sob orientação do filósofo José Gil, como investigadora visitante no Center for Research in Modern European Philosophy – Kingston University e bolseira da Fundação para a Ciência e Tecnologia. Foi investigadora visitante no departamento de Performance Studies da Tisch School of the Arts – New York University como bolseira da Fundação Calouste Gulbenkian (2007). Colabora com o grupo de investigação Arte, Crítica e Experiência Estética do Culturelab e com centros artísticos como a Galeria Porta33 e o c.e.m. – centro em movimento.

Publicações
+
capítulos de livros
+
2019
CultureLab • capítulos de livros
Caminha a tua vida: a autobiografia como acto crítico em Still/Here de Bill T. Jones (1994)
Caminha a tua vida: a autobiografia como acto crítico em Still/Here de Bill T. Jones (1994)
Ana Mira
G. Ferraro, M. Faustino, & B. Ryan, Rostos do Si – Autobiografia, confissão e terapia (pp. 291-310). Lisboa: Vendaval.
2019
CultureLab • capítulos de livros
Poema-acontecimento, um encontro entre a palavra e o corpo
Poema-acontecimento, um encontro entre a palavra e o corpo
Ana Mira
H. Calhim Cristovão, & J. von Mayer Trindade (Eds.), Dos Suicidados – O vício de humilhar a imortalidade (pp. 112-116). Porto: Nuisis Zobop / Instituto de Filosofia da Universidade do Porto.
2018
CultureLab • capítulos de livros
Mapear o inconsciente: o documento sensível como conceito e desprisionamento de si na dança e filosofia
Mapear o inconsciente: o documento sensível como conceito e desprisionamento de si na dança e filosofia
Ana Mira
F. Matos Oliveira (Ed.), Conceitos de dispositivos de criação em artes performativas (pp. 17-31). Coimbra: Universidade de Coimbra.